COMUNICADO Nº 8 - COVID-19
FUNERAIS (atualização 01/05/2020)
 
 
Atendendo ao atual quadro de pandemia epidemiológica do COVID-19, tendo em consideração a transição do estado de emergência para estado de calamidade, informa-se um conjunto de medidas extraordinárias, temporárias e de salvaguarda, a ter em conta na realização de funerais. De forma a ser garantida a proteção de saúde pública de todos os intervenientes e simultaneamente controlar os fatores de disseminação da doença e contágio, serão adotadas medidas que assegurem as regras definidas pela Direção Geral de Saúde, pelo que solicitamos a maior compreensão e colaboração de todos. - Os profissionais que realizam os funerais e todos os outros envolvidos, nomeadamente familiares, devem estar informados sobre o risco potencial de infeção durante a sua realização. - O número de pessoas presentes nas cerimónias fúnebres deve ser o mais reduzido possível, devendo ser garantido o distanciamento social, impondo-se o distanciamento mínimo entre pessoas de dois metros; - Estão autorizados a participar no funeral apenas familiares; - Alertamos para o risco da última despedida ao defunto, deverá ser evitado o contacto físico com o mesmo; - O caixão deve manter-se fechado durante o funeral; - Alertamos que não devem ter comportamentos de risco, os sentimentos e os pêsames não deverão ser feitos através de contacto físico (cumprimentos de mão, face e abraços); - É obrigatório o uso de máscara de proteção; Estas medidas estarão em vigor por tempo indeterminado, podendo ser alteradas a qualquer momento, de acordo com o desenrolar da situação e com as recomendações e/ou indicações das autoridades. Proteja-se a si, a sua família e a toda a comunidade.
 
 
Junta Freguesia de Folgosa da Maia © Copyright (2006)